Programas Gospel do DJ Pinduca

Sony World Photography Awards

A MÚSICA PODE MATAR PESSOAS


"O melhor é se suicidar"; "Minha vida é tão vazia, não tenho motivos para viver…"; "Morra jovem e fique bonita, não fique velha e feia", são apenas alguns exemplos de mensagens negativas existentes em músicas que são sucesso no mundo todo.

Beatles, Legião Urbana, Eminem, AC/DC, Pink Floyd, Gabriel o Pensador, Red Hot Chili Peppers, Ozzy Osbourne, e Nirvana são exemplos de bandas e cantores que tem canções desse tipo, algumas com mensagens tão fortemente negativas que assassinatos foram cometidos sob influência delas. 

Vários estudos e pesquisas comprovam o poder da música, o quanto ela podem influenciar uma pessoa, seja para o bem ou para o mal. A música pode influenciar fortemente em uma demonstração amor e até aliviar as dores causadas por uma cirurgia, como também pode induzir alguém ao suicídio ou matar os próprios pais. 

Existem muitas músicas que podem influenciar alguém a cometer suicídio, algumas deixam isto bem claro em suas letras, outras em mensagens subliminares. Estas mensagens estão ocultas, são palavras que não fazem parte da letra e são pronunciadas ao fundo, em volume muito baixo, sussurradas, ou somente podem ser ouvidas se tocarmos o disco ao contrário. 

No caso dos clipes, as mensagens subliminares estão escondidas em imagens, sinais e/ou textos. Geralmente, nosso subconsciente capta as mensagens subliminares sem que nós saibamos disto, e elas ficam gravadas em nossa mente. Este método é utilizado também em filmes e publicidades (propagandas) de televisão.

Muitas pessoas nem sabem o que certas letras de músicas dizem e as escutam ou fazem uso das mesmas de modo errado. Por exemplo, há pessoas que por não saberem falar fluentemente inglês, até hoje cantam, ou entendem mal, sucessos antigos. 

Na internet há estudos que mostram listas de canções românticas utilizadas equivocadamente em casamentos, pois as mesmas falam sobre divórcio, despedida, e outros fatores infelizes.

Cientistas já concluíram que a influência da música pode ser um evento casual, que surge de sua capacidade de mobilizar sistemas do cérebro que foram constituídos com outros objetivos – como dar conta da linguagem, da emoção e do movimento. 

Quando um compositor escreve uma lamentação, ou pancadas com ritmo empolgante, revela não só seu estado emocional, mas faz com que os ouvintes sintam o mesmo. 

Aqui tu vais saber, por exemplo, como a música consegue atingir-nos, a ponto de mudar nosso comportamento, como ela pode dominar nosso cérebro, a sua influência no modo de agir das crianças, e por que um hit gruda em nossos ouvidos. 

Saberás também quais são as 10 músicas mais tristes da história, como foram alguns dos famosos assassinatos e suicídios cometidos sob influência da música, e verás exemplos de canções de bandas famosas (incluindo brasileiras) que falam sobre ódio, depressão, suicídio e diabo.

 
Exemplos do poder da música

 
1 - Músicas sobre suicídio ou violência podem ter efeito perigoso em pessoas que ouvem este tipo de música repetidamente ou compulsivamente. Pesquisas mostram que 18% dos suicídios praticados na juventude, entre outros atos de violência, devem ser atribuídos à influência de alguma música

2 - Estudar música ajuda a pessoa a se tornar proficientes em áreas como retórica e matemática, e faz com que seja mais fácil reconhecer variações sutis de emoções em outras pessoas

3 - A música também pode servir como analgésico para treinos que exigem muito esforço, e quem ouve música depois de ser operado sente menos dores 

4 - Alguns sons despertam o medo no ser humano. É por isto, por exemplo, que as cenas de suspense ou terror estão sempre acompanhadas de trilhas sonoras que ajudam a intensificar a tensão ou medo que sentimos enquanto assistimos ao filme. 

5 - Após esse contato inicial a música poderá ser memorizada a depender da relevância que o indivíduo deu a ela. Nesse ponto a música de massa (o hit) leva vantagem devido a sua simplicidade

6 - Em uma festa, a música clássica faz com que os clientes peçam vinhos mais caros. Músicas agitadas e com batidas fortes fazem com que as pessoas consumam mais álcool. Ambientes ruidosos colaboram para que as pessoas percam o bom senso e bebam mais do que o normal

7 - A música é tão poderosa que até mesmo os surdos a ouvem, de forma misteriosa para nós. Beethoven compôs a 9ª Sinfonia totalmente surdo

8 - A influência da música é tão forte sobre nosso cérebro que até mesmo cantores cometem suicídios, alguns no auge do sucesso. Kurt Cobain (Nirvana), Ian Curtis (Join Division), e Chorão (Charlie Brown Jr) são apenas alguns dos exemplos

 
Algumas das músicas que falam sobre ódio, depressão, suicídio e diabo

 
Metallica - A maioria das músicas desta banda celebra o suicídio, o ódio e a desesperança. Em muitas canções dizem eles que a morte é a única escapatória. “Tingindo-se Até a Cor Preta” elogia a morte como uma amiga bem-vinda num mundo de frustração, dor e fracasso. A música Fade to Black diz “I have lost the will to live, simply nothing more to give. There is nothing more for me, need the end to set me free” (Eu perdi a razão de viver, simplesmente não tenho mais nada a dar, não existe nada mais para mim, preciso do fim para me libertar).

Legião Urbana - Várias músicas falam sobre ‘fossa’, depressão e desajustamento conjugal. Na canção Vinte e Nove eles cantam “…me embriaguei morrendo vinte e nove vezes…” e em Tempestade diz “…Vem de repente um anjo triste perto de mim…”. Alusão óbvia ao ‘anjo da morte’, uma vez que a Bíblia não faz citação a anjos tristes.

Van Halen - Jump (Pule) fala sobre suicídio.

Nirvana - Kurt Cobain canta: “I hate myself and want to die” (Eu me odeio e desejo morrer). Ele cometeu suicídio em 1994, após ter usado uma grande quantidade de heroína. Analisando algumas letras, observamos que Kurt alimentava uma espécie de relação mórbida com a morte, como se já estivesse se preparando gradativamente para se ‘encontrar’ com ela. A música In Utero está na lista das 10 músicas mais tristes da história, de acordo com a revista de música britânica NME. Observe que a ilustração da capa do álbum de mesmo nome na verdade não tem sexo definido, como mostra o detalhe.Logo após a morte do cantor, muitos foram os casos de suicídio semelhantes aos dele, confirmando assim a influência direta de suas mensagens.

AC/DC - A faixa “Wanted for Murder” (Procurado Por Assassinato) era a preferida do jovem Steve Boucher e esta música teria sido a causa de seu suicídio. Em “Highway to hell” (Estrada Para o Inferno), Bon Scott fala de uma viagem sem volta. “Season ticket on a One Way Ride” (Passagem Permanente Para Uma Viagem Sem Retorno). Nota: Bon Scott, líder e vocalista da banda, foi encontrado morto após uma noite de bebedeira, asfixiado pelo próprio vômito.

Gabriel o Pensador - Em uma das músicas do CD de mesmo nome, Loura Burra, se ouve no fundo: “O melhor é se suicidar”.

Elton John -  Canções intituladas “Don’t Shoot me” (Não me Mate) e “I’m Gonna Kill Myself” (Vou me Matar). Várias de suas canções tem como tema a ‘morte’. Ele próprio declarou: “A morte me preocupa, é verdade. Mas sou também apaixonado pelas melodias tristes, melancólicas. Compondo canções que gostaria de ouvir no meu funeral”.

Red Hot Chili Peppers - Anthony Kiedis fez o seguinte desabafo no fim de uma turnê: “…Nunca pensei tanto em me matar como nos últimos tempos…”

Eminem - Em uma parte do vídeo Stan, com participação da cantora Dido, na qual mostra um suposto fã do cantor cometendo suicídio, diz: “Estou deprimido. Às vezes me corto para ver o quanto sangro”.

Ozzy Osbourne - Em 1986, John McCollum, 19 anos, foi induzido ao suicídio pela música Suicide Solution (Solução suicida). O Institute for Bio-Acoustics Research, que foi contratado para fazer uma avaliaçao desta música, concluiu que a mensagem em ‘backward masking’ diz: ‘Why try, why try? Get the gun and try ! Try it ! Shoot! …Shoot !’ (Por que não tentar? Pegue uma arma e atire! Atire!).

Blue Oyster Cult - Na música “Don’t Fear the Reaper” (Não Tema o Ceifador) eles aconselham uma jovem que está pensando em suicidar-se: “Baby, tome a minha mão. Não tenha medo do diabo. Baby, tome a minha mão…” No fundo se ouve a frase “Não tema o ceifador” sendo repetidas várias vezes.

Kiss - O disco “Destroyer” (Destruidor) fala sobre suicídio. Um rapaz quando ouvia esta música deitado no banheiro, sem saber porque, tentou se matar com uma faca que tinha na mão. (Violence in Rock Music-David Benoite).

Judas Priest - Foi levado aos tribunais por ter induzido dois jovens ao suicídio. O álbum “British Steel”, mostra uma mão segurando uma lâmina de barbear. Só para lembrar, é um dos instrumentos mais utilizados por pessoas que tentam o suicídio através do método de cortar os pulsos….

Blondie - Debbie Harrry tem uma música que diz: “Morra jovem e fique bonita, não fique velha e feia, voce, morra jovem e fique bonita”

Marilyn Manson - No álbum Mechanical Animal ele proclama um mundo repleto de autodestruição. A música “I want to Disappear” (Eu Quero Desaparecer) diz: “Sou apenas um garoto brincando de rei suicida”.

Deep Purple - Na capa do álbum ‘Abandon’, o título de mesmo nome aparece em vermelho, como se escrito com sangue e a imagem é de um homem saltando de cima de um prédio; em segundo plano, ao fundo ve-se o topo de vários edifícios.

Frank Sinatra - Seu álbum “In The Wee Small Hours” foi gravado em 1955, ano em que ele supostamente tentara um suicídio depois do fim de seu casamento com a atriz Ava Gardner.

Motor City’s Burning - Tem uma música que diz “Sirva teu país no teu suicídio; ache uma bandeira para dar tchau, mas antes do fim, traição talvez valha a pena”.

Iron Maiden - Possuem várias músicas com mensagens negativas, entre elas:

- Killers (Assassinos):”…Minha hora é chegada/Surge o chamado da morte, um grito quebra o silencio da noite…”.
- Innocent Exile (Exílio Inocente): “Minha vida é tão vazia/Não tenho motivos para viver…”.
- Powerslave (Escravo do Poder): “Eu sou um escravo do poder da morte…”
- Another Life: “…Mas estou cansado de viver/Posso terminar tudo hoje”.
- The Trooper (O Cavalariano): “…E enquanto eu fico esquecido e sozinho/Sem uma lágrima eu exalo meu gemido de morte”.
- Heaven Can Walt (O Céu Pode Esperar): “…um anjo da morte que veio para mim…”
- Phantom of The Opera (Fantasma da Ópera): “…e tu sabes e eu sei que tu não vais durar muito…”.
- Still Life (Natureza Morta): “… Todo sangue da minha vida esta sendo drenado lentamente/E eu sinto que estou mais fraco a cada dia/De algum jeito eu sei que logo estarei me juntando a eles no fundo da piscina… Agora esta claro eu sei o que fazer/…de mãos dadas então pularemos na piscina/… oh…nós mergulharemos juntos/será para sempre”

 
Músicas mais tristes da história 

 
1 - Sister Lovers - Big Star 
2 - Closer - Joy Division 
3 - Ladies and Gentlemen We Are Floating In Space - Spiritualized
4 - In Utero - Nirvana 
5 - Songs Of Love And Hate - Leonard Cohen
6 - Lady In Satin - Billie Holiday
7 - In The Wee Small Hours - Frank Sinatra
8 - Pink Moon - Nick Drake 
9 - Bubble And Scrape - Sebadoh
10 - Unknown Pleasures - Joy Division

 
 Alguns crimes cometidos sob influência da música

 
- Phillip Morton foi encontrado enforcado. No local, as músicas Goodbye Cruel World (Adeus Mundo Cruel) e Waiting for the Worms (Esperando as Minhocas), do famoso discoThe Wall, do Pink Floyd, tocavam continuamente.

- Cinco meninos ingleses, de 10 anos, cortaram os pulsos depois de assistirem ao clipe Stan, de Eminem. As imagens mostram um suposto fã do cantor cometendo suicídio, e a música diz “Estou deprimido. Às vezes me corto para ver o quanto sangro”. Nenhum dos meninos ficou ferido com gravidade. 

- Dennis Bartts, 16 anos, disse a um amigo que pretendia encontrar o diabo. Foi ao campo de futebol da escola e, enquanto ouvia em seu walkman a música Highway to Hell (Estrada Para o Inferno) do AC/DC, se enforcou na trave.

- A atriz Sharon Tate, grávida de 8 meses, e todos os seus convidados foram assassinados em sua residência. Segundo o promotor Vincent Bugliosi, o crime foi planejado por Charles Manson, apesar de ele não estar presente. Bugliosi elaborou uma teoria chamada “Helter Skelter”, onde o objetivo dos assassinatos seria começar uma guerra que, segundo ele, seria a maior já travada na Terra, denominada de “Helter Skelter”. O nome corresponde ao título de uma música dos Beatles, a qual possui uma enorme quantidade de mensagens subliminares que influenciaram as ideias de Manson.

- No Texas, um garoto de 16 anos matou uma tia a punhaladas e contou a policia que no momento do crime estava hipnotizado pela música do Pink Floyd , não podendo sequer se lembrar do ocorrido.

- John McCollum, 19 anos, matou-se com um tiro na cabeça enquanto ouvia Suicide Solution (A Solução Suicida), de Ozzy Osbourne. Ele ainda estava com os fones de ouvido quando foi encontrado.

- Raymond Belknap e James Vance, 18 anos, depois de ouvir Beyond the Realms of Death (Além dos Domínios da Morte), da banda Judas Priest, foram ao playground de uma igreja e se suicidaram com tiros de espingarda. 

- Thomas Sullivan, 14 anos, fã de Ozzy Osbourne , cortou a garganta da mãe e se suicidou em seguida.

- Em São Paulo, Roberto Agostinho Peukert Valente, 18 anos, quando ouvia música tarde da noite, ficou totalmente fora de si ao ser repreendido por sua mãe. Irado, matou os pais e mais três irmãos a tiros e facadas. Depois de preso, foi apurado que ele era fanático pelas bandas Chilliwack, Yes, Electric Light Orchestra e Pink Floyd.

- Steve Boucher suicidou-se com um tiro na cabeça sentado sobre um poster do AC/DC. A música Shoot to Thrill (Atire Para Excitar) teria influenciado o rapaz a matar-se.

- Um rapaz de 14 anos matou três pessoas. com o número 666 tatuado no peito, ele disse que quando cometeu os assassinatos estava dominado por Eddie, mascote do Iron Maiden.

- No festival de rock de Altamont, Califórnia, ocorreram quatro mortes. Uma destas, a de um negro apunhalado pelos Hell’s Angels (Anjos do Inferno) diante das câmeras e fixada nas imagens do filme Gimme Shelter, focaliza a turnê americana dos Rolling Stones.

- O satanista Richard Ramirez, conhecido como Night Stalker (Caçador da noite), assassino serial psicopata que aterrorizou a Califórnia na década de 80, tendo matado mais de 14 pessoas e violentado 19 mulheres, se declarou um grande fã do AC/DC e afirmou matar influenciado pelas letras da banda. Nos locais dos crimes foram encontradas estrelas de 5 pontas (pentagramas) desenhadas nas paredes. Na casa de uma das vítimas a polícia norte-americana encontrou o boné de beisebol do assassino com as letras AC/DC.

 
Por Pinduca Pereira Soares (DJ Pinduca)


Fontes e mais informações

Vídeo - Como a música pode influenciar uma pessoa? 
http://youtu.be/IfswsStoLmY

A influencia da música - Suicídio 
http://geracaovidageisel.blogspot.pt/2009/04/influencia-da-musica-suicidio.html

Como a música afeta e beneficia o cérebro
http://mexxer.pt/como-musica-afeta-e-beneficia-o-cerebro/

Beyoncé estaria ligada aos Illuminati 
http://noticias.gospelprime.com.br/filha-beyonce-blue-ivy-filha-do-diabo-jay-z-eulb-yvi-born-living-under-evil/

O mistério dos Hits: Por que algumas músicas “grudam no cérebro” 
http://www.leandroteles.com.br/artigos/curiosidades/o-misterio-dos-hits-por-que-algumas-musicas-grudam-no-cerebro/

Música domina o cérebro
http://blogdofavre.ig.com.br/2007/09/musica-domina-o-cerebro-humano-diz-neurologista/

5 coisas que a música pode fazer com o seu cérebro 
http://www.tecmundo.com.br/musica/17293-5-coisas-que-a-musica-pode-fazer-com-o-seu-cerebro.htm

Encantos da música
http://www2.uol.com.br/vivermente/reportagens/encantos_da_musica.html

Os efeitos da música no cérebro
http://www.comciencia.br/comciencia/handler.php?section=8&edicao=54&id=687

A influência da música no comportamento infantil
http://www.ehow.com.br/influencia-musica-comportamento-infantil-info_50598/

A MÚSICA PODE MATAR PESSOAS



"O melhor é se suicidar""Minha vida é tão vazia, não tenho motivos para viver…"; "Morra jovem e fique bonita, não fique velha e feia", são apenas alguns exemplos de mensagens negativas existentes em músicas que são sucesso no mundo todo.

Beatles, Legião Urbana, Eminem, AC/DC, Pink Floyd, Gabriel o Pensador, Red Hot Chili Peppers, Ozzy Osbourne, e Nirvana são exemplos de bandas e cantores que tem canções desse tipo, algumas com mensagens tão fortemente negativas que assassinatos foram cometidos sob influência delas. 

Vários estudos e pesquisas comprovam o poder da música, o quanto ela podem influenciar uma pessoa, seja para o bem ou para o mal. A música pode influenciar fortemente em uma demonstração amor e até aliviar as dores causadas por uma cirurgia, como também pode induzir alguém ao suicídio ou matar os próprios pais

Existem muitas músicas que podem influenciar alguém a cometer suicídio, algumas deixam isto bem claro em suas letras, outras em mensagens subliminares. Estas mensagens estão ocultas, são palavras que não fazem parte da letra e são pronunciadas ao fundo, em volume muito baixo, sussurradas, ou somente podem ser ouvidas se tocarmos o disco ao contrário

No caso dos clipes, as mensagens subliminares estão escondidas em imagens, sinais e/ou textos. Geralmente, nosso subconsciente capta as mensagens subliminares sem que nós saibamos disto, e elas ficam gravadas em nossa mente. Este método é utilizado também em filmes e publicidades (propagandas) de televisão.

Muitas pessoas nem sabem o que certas letras de músicas dizem e as escutam ou fazem uso das mesmas de modo errado. Por exemplo, há pessoas que por não saberem falar fluentemente inglês, até hoje cantam, ou entendem mal, sucessos antigos. 

Na internet há estudos que mostram listas de canções românticas utilizadas equivocadamente em casamentos, pois as mesmas falam sobre divórciodespedida, e outros fatores infelizes.

Cientistas já concluíram que a influência da música pode ser um evento casual, que surge de sua capacidade de mobilizar sistemas do cérebro que foram constituídos com outros objetivos – como dar conta da linguagem, da emoção e do movimento. 

Quando um compositor escreve uma lamentação, ou pancadas com ritmo empolgante, revela não só seu estado emocional, mas faz com que os ouvintes sintam o mesmo

Aqui tu vais saber, por exemplo, como a música consegue atingir-nos, a ponto de mudar nosso comportamento, como ela pode dominar nosso cérebro, a sua influência no modo de agir das crianças, e por que um hit gruda em nossos ouvidos

Saberás também quais são as 10 músicas mais tristes da história, como foram alguns dos famosos assassinatos e suicídios cometidos sob influência da música, e verás exemplos de canções de bandas famosas (incluindo brasileiras) que falam sobre ódio, depressão, suicídio e diabo.

 

Exemplos do poder da música

 

1 - Músicas sobre suicídio ou violência podem ter efeito perigoso em pessoas que ouvem este tipo de música repetidamente ou compulsivamente. Pesquisas mostram que 18% dos suicídios praticados na juventude, entre outros atos de violência, devem ser atribuídos à influência de alguma música

2 - Estudar música ajuda a pessoa a se tornar proficientes em áreas como retórica e matemática, e faz com que seja mais fácil reconhecer variações sutis de emoções em outras pessoas

3 - A música também pode servir como analgésico para treinos que exigem muito esforço, e quem ouve música depois de ser operado sente menos dores 

4 - Alguns sons despertam o medo no ser humano. É por isto, por exemplo, que as cenas de suspense ou terror estão sempre acompanhadas de trilhas sonoras que ajudam a intensificar a tensão ou medo que sentimos enquanto assistimos ao filme. 

5 - Após esse contato inicial a música poderá ser memorizada a depender da relevância que o indivíduo deu a ela. Nesse ponto a música de massa (o hit) leva vantagem devido a sua simplicidade

6 - Em uma festa, a música clássica faz com que os clientes peçam vinhos mais caros. Músicas agitadas e com batidas fortes fazem com que as pessoas consumam mais álcool. Ambientes ruidosos colaboram para que as pessoas percam o bom senso e bebam mais do que o normal

7 - A música é tão poderosa que até mesmo os surdos a ouvem, de forma misteriosa para nós. Beethoven compôs a 9ª Sinfonia totalmente surdo

8 - A influência da música é tão forte sobre nosso cérebro que até mesmo cantores cometem suicídios, alguns no auge do sucesso. Kurt Cobain (Nirvana), Ian Curtis (Join Division), e Chorão (Charlie Brown Jr) são apenas alguns dos exemplos

 

Algumas das músicas que falam sobre ódio, depressão, suicídio e diabo

 

Metallica - A maioria das músicas desta banda celebra o suicídio, o ódio e a desesperança. Em muitas canções dizem eles que a morte é a única escapatória. “Tingindo-se Até a Cor Preta” elogia a morte como uma amiga bem-vinda num mundo de frustração, dor e fracasso. A música Fade to Black diz “I have lost the will to live, simply nothing more to give. There is nothing more for me, need the end to set me free” (Eu perdi a razão de viver, simplesmente não tenho mais nada a dar, não existe nada mais para mim, preciso do fim para me libertar).

Legião Urbana - Várias músicas falam sobre ‘fossa’, depressão e desajustamento conjugal. Na canção Vinte e Nove eles cantam “…me embriaguei morrendo vinte e nove vezes…” e em Tempestade diz “…Vem de repente um anjo triste perto de mim…”. Alusão óbvia ao ‘anjo da morte’, uma vez que a Bíblia não faz citação a anjos tristes.

Van Halen - Jump (Pule) fala sobre suicídio.

Nirvana - Kurt Cobain canta: “I hate myself and want to die” (Eu me odeio e desejo morrer). Ele cometeu suicídio em 1994, após ter usado uma grande quantidade de heroína. Analisando algumas letras, observamos que Kurt alimentava uma espécie de relação mórbida com a morte, como se já estivesse se preparando gradativamente para se ‘encontrar’ com ela. A música In Utero está na lista das 10 músicas mais tristes da história, de acordo com a revista de música britânica NME. Observe que a ilustração da capa do álbum de mesmo nome na verdade não tem sexo definido, como mostra o detalhe.Logo após a morte do cantor, muitos foram os casos de suicídio semelhantes aos dele, confirmando assim a influência direta de suas mensagens.

AC/DC - A faixa “Wanted for Murder” (Procurado Por Assassinato) era a preferida do jovem Steve Boucher e esta música teria sido a causa de seu suicídio. Em “Highway to hell” (Estrada Para o Inferno), Bon Scott fala de uma viagem sem volta. “Season ticket on a One Way Ride” (Passagem Permanente Para Uma Viagem Sem Retorno). Nota: Bon Scott, líder e vocalista da banda, foi encontrado morto após uma noite de bebedeira, asfixiado pelo próprio vômito.

Gabriel o Pensador - Em uma das músicas do CD de mesmo nome, Loura Burra, se ouve no fundo: “O melhor é se suicidar”.

Elton John -  Canções intituladas “Don’t Shoot me” (Não me Mate) e “I’m Gonna Kill Myself” (Vou me Matar). Várias de suas canções tem como tema a ‘morte’. Ele próprio declarou: “A morte me preocupa, é verdade. Mas sou também apaixonado pelas melodias tristes, melancólicas. Compondo canções que gostaria de ouvir no meu funeral”.

Red Hot Chili Peppers - Anthony Kiedis fez o seguinte desabafo no fim de uma turnê: “…Nunca pensei tanto em me matar como nos últimos tempos…”

Eminem - Em uma parte do vídeo Stan, com participação da cantora Dido, na qual mostra um suposto fã do cantor cometendo suicídio, diz: “Estou deprimido. Às vezes me corto para ver o quanto sangro”.

Ozzy Osbourne - Em 1986, John McCollum, 19 anos, foi induzido ao suicídio pela música Suicide Solution (Solução suicida). O Institute for Bio-Acoustics Research, que foi contratado para fazer uma avaliaçao desta música, concluiu que a mensagem em ‘backward masking’ diz: ‘Why try, why try? Get the gun and try ! Try it ! Shoot! …Shoot !’ (Por que não tentar? Pegue uma arma e atire! Atire!).

Blue Oyster Cult - Na música “Don’t Fear the Reaper” (Não Tema o Ceifador) eles aconselham uma jovem que está pensando em suicidar-se: “Baby, tome a minha mão. Não tenha medo do diabo. Baby, tome a minha mão…” No fundo se ouve a frase “Não tema o ceifador” sendo repetidas várias vezes.

Kiss - O disco “Destroyer” (Destruidor) fala sobre suicídio. Um rapaz quando ouvia esta música deitado no banheiro, sem saber porque, tentou se matar com uma faca que tinha na mão. (Violence in Rock Music-David Benoite).

Judas Priest - Foi levado aos tribunais por ter induzido dois jovens ao suicídio. O álbum “British Steel”, mostra uma mão segurando uma lâmina de barbear. Só para lembrar, é um dos instrumentos mais utilizados por pessoas que tentam o suicídio através do método de cortar os pulsos….

Blondie - Debbie Harrry tem uma música que diz: “Morra jovem e fique bonita, não fique velha e feia, voce, morra jovem e fique bonita”

Marilyn Manson - No álbum Mechanical Animal ele proclama um mundo repleto de autodestruição. A música “I want to Disappear” (Eu Quero Desaparecer) diz: “Sou apenas um garoto brincando de rei suicida”.

Deep Purple - Na capa do álbum ‘Abandon’, o título de mesmo nome aparece em vermelho, como se escrito com sangue e a imagem é de um homem saltando de cima de um prédio; em segundo plano, ao fundo ve-se o topo de vários edifícios.

Frank Sinatra - Seu álbum “In The Wee Small Hours” foi gravado em 1955, ano em que ele supostamente tentara um suicídio depois do fim de seu casamento com a atriz Ava Gardner.

Motor City’s Burning - Tem uma música que diz “Sirva teu país no teu suicídio; ache uma bandeira para dar tchau, mas antes do fim, traição talvez valha a pena”.

Iron Maiden - Possuem várias músicas com mensagens negativas, entre elas:

- Killers (Assassinos):”…Minha hora é chegada/Surge o chamado da morte, um grito quebra o silencio da noite…”.

- Innocent Exile (Exílio Inocente): “Minha vida é tão vazia/Não tenho motivos para viver…”.

- Powerslave (Escravo do Poder): “Eu sou um escravo do poder da morte…”

- Another Life: “…Mas estou cansado de viver/Posso terminar tudo hoje”.

- The Trooper (O Cavalariano): “…E enquanto eu fico esquecido e sozinho/Sem uma lágrima eu exalo meu gemido de morte”.

- Heaven Can Walt (O Céu Pode Esperar): “…um anjo da morte que veio para mim…”

- Phantom of The Opera (Fantasma da Ópera): “…e tu sabes e eu sei que tu não vais durar muito…”.

- Still Life (Natureza Morta): “… Todo sangue da minha vida esta sendo drenado lentamente/E eu sinto que estou mais fraco a cada dia/De algum jeito eu sei que logo estarei me juntando a eles no fundo da piscina… Agora esta claro eu sei o que fazer/…de mãos dadas então pularemos na piscina/… oh…nós mergulharemos juntos/será para sempre”

 

Músicas mais tristes da história 

 

1 - Sister Lovers - Big Star 

2 - Closer - Joy Division 

3 - Ladies and Gentlemen We Are Floating In Space - Spiritualized

4 - In Utero - Nirvana 

5 - Songs Of Love And Hate - Leonard Cohen

6 - Lady In Satin - Billie Holiday

7 - In The Wee Small Hours - Frank Sinatra

8 - Pink Moon - Nick Drake 

9 - Bubble And Scrape - Sebadoh

10 - Unknown Pleasures - Joy Division

 

 Alguns crimes cometidos sob influência da música

 

- Phillip Morton foi encontrado enforcado. No local, as músicas Goodbye Cruel World (Adeus Mundo Cruel) e Waiting for the Worms (Esperando as Minhocas), do famoso discoThe Wall, do Pink Floyd, tocavam continuamente.

- Cinco meninos ingleses, de 10 anoscortaram os pulsos depois de assistirem ao clipe Stan, de Eminem. As imagens mostram um suposto fã do cantor cometendo suicídio, e a música diz “Estou deprimido. Às vezes me corto para ver o quanto sangro”. Nenhum dos meninos ficou ferido com gravidade. 

- Dennis Bartts, 16 anos, disse a um amigo que pretendia encontrar o diabo. Foi ao campo de futebol da escola e, enquanto ouvia em seu walkman a música Highway to Hell (Estrada Para o Inferno) do AC/DC, se enforcou na trave.

- A atriz Sharon Tate, grávida de 8 meses, e todos os seus convidados foram assassinados em sua residência. Segundo o promotor Vincent Bugliosi, o crime foi planejado por Charles Manson, apesar de ele não estar presente. Bugliosi elaborou uma teoria chamada “Helter Skelter”, onde o objetivo dos assassinatos seria começar uma guerra que, segundo ele, seria a maior já travada na Terra, denominada de “Helter Skelter”. O nome corresponde ao título de uma música dos Beatles, a qual possui uma enorme quantidade de mensagens subliminares que influenciaram as ideias de Manson.

- No Texas, um garoto de 16 anos matou uma tia a punhaladas e contou a policia que no momento do crime estava hipnotizado pela música do Pink Floyd , não podendo sequer se lembrar do ocorrido.

- John McCollum, 19 anos, matou-se com um tiro na cabeça enquanto ouvia Suicide Solution (A Solução Suicida), de Ozzy Osbourne. Ele ainda estava com os fones de ouvido quando foi encontrado.

- Raymond Belknap e James Vance, 18 anos, depois de ouvir Beyond the Realms of Death (Além dos Domínios da Morte), da banda Judas Priest, foram ao playground de uma igreja e se suicidaram com tiros de espingarda

- Thomas Sullivan, 14 anos, fã de Ozzy Osbourne , cortou a garganta da mãe e se suicidou em seguida.

- Em São Paulo, Roberto Agostinho Peukert Valente, 18 anos, quando ouvia música tarde da noite, ficou totalmente fora de si ao ser repreendido por sua mãe. Irado, matou os pais e mais três irmãos a tiros e facadas. Depois de preso, foi apurado que ele era fanático pelas bandas ChilliwackYesElectric Light Orchestra e Pink Floyd.

- Steve Boucher suicidou-se com um tiro na cabeça sentado sobre um poster do AC/DC. A música Shoot to Thrill (Atire Para Excitar) teria influenciado o rapaz a matar-se.

- Um rapaz de 14 anos matou três pessoas. com o número 666 tatuado no peito, ele disse que quando cometeu os assassinatos estava dominado por Eddie, mascote do Iron Maiden.

- No festival de rock de Altamont, Califórnia, ocorreram quatro mortes. Uma destas, a de um negro apunhalado pelos Hell’s Angels (Anjos do Inferno) diante das câmeras e fixada nas imagens do filme Gimme Shelter, focaliza a turnê americana dos Rolling Stones.

- O satanista Richard Ramirez, conhecido como Night Stalker (Caçador da noite), assassino serial psicopata que aterrorizou a Califórnia na década de 80, tendo matado mais de 14 pessoas e violentado 19 mulheres, se declarou um grande fã do AC/DC e afirmou matar influenciado pelas letras da banda. Nos locais dos crimes foram encontradas estrelas de 5 pontas (pentagramas) desenhadas nas paredes. Na casa de uma das vítimas a polícia norte-americana encontrou o boné de beisebol do assassino com as letras AC/DC.

 

Por Pinduca Pereira Soares (DJ Pinduca)



Fontes e mais informações

Vídeo - Como a música pode influenciar uma pessoa? 

http://youtu.be/IfswsStoLmY

A influencia da música - Suicídio 

http://geracaovidageisel.blogspot.pt/2009/04/influencia-da-musica-suicidio.html

Como a música afeta e beneficia o cérebro

http://mexxer.pt/como-musica-afeta-e-beneficia-o-cerebro/

Beyoncé estaria ligada aos Illuminati 

http://noticias.gospelprime.com.br/filha-beyonce-blue-ivy-filha-do-diabo-jay-z-eulb-yvi-born-living-under-evil/

O mistério dos Hits: Por que algumas músicas “grudam no cérebro” 

http://www.leandroteles.com.br/artigos/curiosidades/o-misterio-dos-hits-por-que-algumas-musicas-grudam-no-cerebro/

Música domina o cérebro

http://blogdofavre.ig.com.br/2007/09/musica-domina-o-cerebro-humano-diz-neurologista/

5 coisas que a música pode fazer com o seu cérebro 

http://www.tecmundo.com.br/musica/17293-5-coisas-que-a-musica-pode-fazer-com-o-seu-cerebro.htm

Encantos da música

http://www2.uol.com.br/vivermente/reportagens/encantos_da_musica.html

Os efeitos da música no cérebro

http://www.comciencia.br/comciencia/handler.php?section=8&edicao=54&id=687

A influência da música no comportamento infantil

http://www.ehow.com.br/influencia-musica-comportamento-infantil-info_50598/

Acidente com 150 carros em Holanda
http://www1.folha.uol.com.br/mundo/2014/09/1516778-acidente-com-150-carros-deixa-dois-mortos-na-holanda.shtml?cmpid=%22facefolha
Mentira! Mãe e filha assumem relacionamento
Site desmente este boato que espalhou-se na internet
http://www.estimulanet.com/2014/09/mentira-mae-e-filha-assumem-relacionamento.html

Mentira! Mãe e filha assumem relacionamento

Site desmente este boato que espalhou-se na internet

http://www.estimulanet.com/2014/09/mentira-mae-e-filha-assumem-relacionamento.html